Uma pesquisa realizada com quase 5 mil empreendedores mostrou que 56% das empresa estão lutando contra os efeitos da crise. Segundo os dados coletados, essas empresas ainda estão tentando manter clientes e equilibrar o fluxo financeiro.

A crise vai passar, vai afetar muitos negócios, mas não vai durar pra sempre. O sucesso futuro depende de como lidamos agora com a situação. Quando a crise passar os que estiverem se preparado vão dominar o mercado. Por isso, esse é o momento de pensar em como virar o jogo a seu favor.

O que é o “ponto de virada”

Pra exemplificar vamos usar o exemplo de uma empresa brasileira de educação executiva, que ficou 15 dias zerada e transformou o modelo que representava 2% na principal fonte de receita.

No início da pandemia, A StartSe perdeu 98% do faturamento, que vinha principalmente de cursos presenciais e treinamentos e passou 15 dias seguidos com a receita praticamente zerada. Hoje, conseguiram recompor 60% da receita ofertando mais cursos online, passaram a fase crítica e experimentam novos produtos e novas estratégias de venda. Na época, apenas 2% da receita vinha do modelo digital.

No caso da StartSe, eles já tinham uma base sólida no digital e isso contribuiu para que aumentasse a receita por outro canal, mas existem vários casos de empresas que tem pouca base e buscaram alternativas: academias estão migrando, mercados e hortifruti trabalhando com drive-thru e retirada de produtos, serviços de delivery estão crescendo, serviços de educação estão se adaptando.

Isso mostra que toda e qualquer empresa que realmente resolva algum problema pode continuar operando, só é preciso pensar em como fazer isso e não deixar a empresa parar.

 

Como manter a empresa funcionando durante a crise

Neste artigo, eu dei algumas dicas para manter o seu negócio funcionando. Em resumo, é importante se manter ativo nas redes sociais, manter contato com o cliente, entender quem ele é e como toda essa situação mudou o comportamento de compra dele e buscar formas de ajudar.

Mas teve uma coisa que eu não falei e vou falar agora: buscar formas alternativas de receita, adaptar o seu modelo de negócio de forma a continuar trabalhando e vendendo mesmo que o teu formato de trabalho anterior tenha se tornado impraticável hoje.

Este será o seu ponto seu ponto virada, o momento que você conseguir se adaptar e gerar receita com o fruto dessa adaptação.

Os empresários chineses são um grande exemplo disso: escolas mudaram para o ensino online, beneficiando mais de 230 milhões de alunos chineses. Academias apostaram em aulas coletivas domiciliares através de videochamada. Bares começaram a transmitir seus DJs tocando ao vivo, houve também um crescimento exponencial do número de entregas de refeições de restaurantes e produtos frescos de supermercado.

 

Isso causou o que chamamos de curva V, que eu vou falar em um outro artigo.

Mas se você acha difícil se adaptar no seu mercado e não enxerga formas de virar o jogo, eu posso te ajudar. Clica aqui que eu te mostro como.

Sem dúvida não é fácil virar o jogo, mas o que a sua empresa fez que está funcionando? Comenta aqui embaixo 🙂

Se você leu até aqui e de alguma esse texto te ajudou e fez sentido pra ti, compartilha, me segue no instagram.