Supersônica #5 – Priorizando tarefas de maneira inteligente

Não é imediatismo, nem só por querer chegar mais rápido. Queremos colher frutos pelo caminho e não apenas olhar para o destino.

Conteúdo

Não é imediatismo, nem só por querer chegar mais rápido. Queremos colher frutos pelo caminho e não apenas olhar para o destino.

Nem sempre é fácil saber o que fazer primeiro. No artigo sobre low-hanging fruits (onde eu eu explico o que é isso), falei sobre a dificuldade deste que vos fala de priorizar tarefas e focar nas que foram priorizadas.

Por conta disso, comecei a utilizar uma metodologia que normalmente é aplicada no Growth Hacking para priorizar ações que vão trazer benefícios mais rápido, para colher resultados mais rápido em tudo o que eu faço.

Essa metodologia é conhecida como ICE score e funciona assim:

Passo zero: definir objetivo

Antes de iniciar é necessário saber onde chegar, então entenda onde você está e para onde quer ir e faça isso com consistência. Não espere apenas dominar o mundo, entenda o que você está fazendo todos os dias, dando um passo nessa direção.

Correr pode ser apenas desperdício de energia se estiver na direção errada.

Se estiver pensando em algo para a sua empresa, evite coisas tipo “ser a referência no meu mercado”, isso é subjetivo demais. Ao invés disso, pense em como você pode ajudar outras pessoas entregando a sua solução. Defina a sua métrica de sucesso. Se quiser que eu fale mais sobre isso é só deixar um comentário 😉

Saiba o que fazer para alcançar o seu objetivo

A princípio não tem mistério: papel, caneta, Trello, Google Docs, Evernote, Wunderlist, Excel ou qualquer outra ferramenta que seja confortável para anotar.

O importante é listar tudo o que pode ajudar a alcançar o objetivo definido no item anterior. Coloque tudo no papel ou no software escolhido e não exclua nada. Este não é o momento de dizer o que é fácil e o que é difícil, apenas tenha o máximo de ideias documentadas.

Comece a priorizar

Definidas as ideias, vamos avaliar cada uma delas. Os critérios de avaliação serão os seguintes:

  • Impacto: O quanto isso vai me levar até o objetivo final?
  • Confiança: Acredito que fazer isso vai me deixar mais perto do meu objetivo?
  • Facilidade: Quão fácil e barato (tanto em $ como tempo) de executar?

Agora definimos, para cada ideia, um número de 1 a 5 em cada critério de avaliação. 

Exemplo:

“Eu quero ter 100 pessoas utilizando o meu produto. Para entender os benefícios, o cliente precisa ir até a etapa X.”

Para alcançar esse objetivo você teve as seguintes ideias:

Ideia 1: Dar 15 dias de teste grátis com acompanhamento de um consultor para cada cliente que não chegou a essa etapa.

  1. Impacto: 10. Você entende que metade dos usuários vão continuar usando se chegar até a etapa X.
  2. Confiança: 8. Alguns clientes antigos ficaram frustrados, mas podem mudar de ideia se um consultor pegar ele pela mão e levar até lá.
  3. Facilidade: 4. Acompanhar um cliente até esta etapa exige muito do consultor e isso vai ocupar metade do tempo dele. Além disso não temos muitos disponíveis.
  4. Resultado: 7,3

 

Ideia 2: Criar um vídeos educativos mostrando como funciona cada etapa do processo e como o cliente pode ser beneficiado com isso.

  • Impacto: 7. Pode tirar algumas dúvidas para o usuário, mas nada como ter alguém guiando pela mão.
  • Confiança: 8. Vai ser educativo e vai ajudar o usuário. O conteúdo é divertido e pode ajudar a reduzir a frustração anterior.
  • Facilidade: 9. Os conteúdos são fáceis de produzir e ser colocados no ar. Depende de um mínimo trabalho aprire questo
  • Resultado: 8

 

O que fazer primeiro: ideia 2. Apesar de não impactar tanto no aumento de usuários, é muito mais rápido de chegar até esse número no curto prazo, sem comprometer o tempo de um consultor.

Esse é só um exemplo e essa técnica pode ser usada para escolher o melhor formato de produção de conteúdo, entender qual o melhor canal para adquirir clientes e até para saber quais as tarefas mais importantes do seu dia.

Obviamente, não é a solução perfeita para tudo e, como qualquer metodologia, existem exceções e aplicações. O importante é buscar uma forma de gastar menos energia e dar um passo de cada vez.

Se você leu até aqui e de alguma esse texto te ajudou e fez sentido pra ti, comenta o que achou e me segue no instagram 🙂